Telefone:      (24) 9.9813-4330

RM-Claustrofobia e Humanização no Atendimento

Título

Claustrofobia em Ressonância Magnética e Humanização no Atendimento


Descrição

Neste curso revisaremos a abordagem ao paciente claustrofóbico e noções de humanização no atendimento no setor de ressonância magnética. Pontos importantes: observar as condições do paciente e orientá-lo com calma e segurança, responder seus questionamentos, conduzir as perguntas da anamnese de forma intuitiva a fim de obter as respostas necessárias, prestar auxílio imediato dentro na sala de exames em caso de disparo do alarme sonoro pelo paciente


Objetivos

Na rotina clínica dos exames de ressonância magnética, o técnico atua como principal colaborador no atendimento das necessidades físicas e emocionais do paciente. Ele é responsável por tentar entender a complexidade do ser humano e oferecer o suporte técnico adequado nas práticas de assistência ao paciente em todas as fases do exame. A orientação, o preparo, os cuidados antes, durante e após a realização do exame, a atenção e a agilidade, a capacidade de ouvir e atuar de maneira dinâmica são fatores cruciais para o profissional atuante na área de Ressonância Magnética (RM). Há uma lacuna literária, informativa e de formação relacionada a aspectos específicos e importantes das rotinas em RM. Sendo assim, o presente curso tem o objetivo principal de detalhar a vivência do profissional no ambiente de trabalho espelhando-se na realidade das rotinas de um setor de RM, além de buscar a atualização dos conhecimentos necessários para o desempenho da função nesse setor e de esclarecer questionamentos e indagações relacionados à execução de suas tarefas diárias.


Público Alvo

Esse curso é direcionado a técnicos de enfermagem, a estudantes e a todos os profissionais do setor que desejem obter experiência clínica nas rotinas de um ambinete de Ressonância Magnética, tais como, biomédicos, técnicos de radiologia, tecnólogos, radiologistas e enfermeiras.


Referências

Atlas de Anatomia radiográfica - Antonio Biasoli Jr.

Atuação dos Profissionais de Enfermagem no Serviço de Ressonância Magnética - Parecer CTAS nº025/2011.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria MS/SVS nº 453 de 01 de junho de 1998. Aprova o Regulamento Técnico que estabelece as diretrizes básicas de proteção radiológica em radiodiagnóstico médico e odontológico, dispõe sobre o uso dos raios-x diagnósticos em todo território nacional e dá outras providências. Diário Oficial União. 1998 jun. 02. [citado 2007 dez. 10]. Disponível em: http://www.anvisa.gov.br/legis/ portarias/453_98.htm
http://www.imaios.com/br/e-Anatomy - ANATOMIA

Complicações do uso intravenoso de agentes de contraste à base de gadolínio para ressonância magnética. ELIAS JUNIOR, Jorge et al. Radiol Bras [online]. 2008, vol.41, n.4, pp. 263-267. Disponível em: .

Diretrizes da FDA para Segurança em Ressonância Magnética

Dicionário de Termos Médicos, Enfermagem e Radiologia - Deocleciano T. Guimarães

Glossário de Termos Técnicos para exames de Ressonância Magnética, Larissa Aras

nual de Proteção Radiológica Aplicada ao Radiodiagnóstico - Dimenstein/Yvone Hornos


Manual de ressonância Magnética Siemens

Planing and Positioning in MRI, 1º Ed., Anne Bright, Elsevier Health Sciences,Dez/2009.


Pocket Atlas of Radiographic Anatomy - Torsten B. moelles/Emil reif (Atlas de Anatomia Radiológica - edição em Português)

Segurança em Ressonância Magnética - Dicas de Aplicação Philips


Duração

40hs


Prazo para conclusão

20 dias


Investimento

R$ 120,00 à vista ou em até 15x no cartão.




Matricule-se



Se tiver qualquer dúvida entre em contato (24) 9.9813-4330